You are currently viewing Governo cobra devolução do auxílio via SMS

Governo cobra devolução do auxílio via SMS

  • Post category:Geral
  • Post author:
  • Post last modified:06/07/2021

Em novembro de 2020, o governo federal divulgou uma nota em que apontava que o benefício do auxílio emergencial foi recebido indevidamente por pelo menos 7,3 milhões de pessoas. 

Segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), a fraude pode chegar a mais de 50 bilhões de reais, caso a devolução não aconteça.

Para tentar conter o prejuízo, o governo decidiu utilizar o SMS para realizar o comunicado de cobrança da devolução do auxílio.

Com a ferramenta, o ministério previu o envio de 4,8 milhões de mensagens, que custou somente R$162 mil aos cofres públicos.

A utilização do SMS, levou em consideração a maior acessibilidade da ferramenta, por não precisar do acesso à internet para o recebimento da mensagem.

Este caso aponta para a eficiência de meios alternativos para realização de comunicações em massa.

Confira, com a gente, um pouco sobre as tendências dos meios de comunicação em massa para os próximos anos no Brasil.

Novos meios de comunicação em massa

Os anos 2000 é marcado por uma revolução por parte dos meios de comunicação. 

Os meios tradicionais como TV e o Rádio, não chegaram a perder sua enorme influência. No entanto, a popularização dos celulares mudou e continua mudando o cenário da comunicação mundial.

Segundo um estudo recente realizado pela Anatel, o Brasil conta, no momento atual, com mais de 240 milhões de celulares, ou seja, há mais celulares do que pessoas.

Esses aparelhos aumentaram a capacidade de comunicação da sociedade. Assim, não foi à toa que, não apenas as empresas passaram a explorar essas alternativas de comunicação, mas, também, as organizações estatais ao redor do mundo.

A eficiência dessa ferramenta para comunicação em massa

A utilização do SMS por parte do governo brasileiro ganhou certo destaque, pois estamos muito mais acostumados a observar a comunicação em massa sendo realizada pelos meios mais tradicionais.

No entanto, observamos muitos casos ao redor do mundo, em que a emissão de comunicados tem seguido outros caminhos.

Em países como a China e Japão, por exemplo, que estão constantemente sujeitos a desastres naturais, os alertas são enviados pelos celulares para as regiões que correm risco de serem atingidas.

Ao adotar esse método, os governos aumentaram a chance dos cidadãos receberem o comunicado, independente do local que estivessem, salvando mais vidas.

Utilize o SMS

Além de promover uma maior acessibilidade, a comunicação pelo SMS é direcionada. Assim, não resta dúvidas se o comunicado é ou não destinado a pessoa que recebeu.

Por isso, não fique para trás, seja qual for o objetivo da sua mensagem, saiba que está falando com o público correto, sem precisar gastar uma fortuna para isso.