Uso de SMS para Mercado Imobiliário

Dicas de uso de SMS para mercado imobiliário

Existem muitas perspectivas de melhora para o mercado imobiliário em 2017. Previsão de queda na inflação – que deverá ficar em torno de 5,07% de acordo com o Banco Central -, estimativa de declínio nas taxas de juros e crescimento de aproximadamente 1,3% do PIB (Produto interno Bruto) são os pilares que deverão movimentar positivamente o mercado imobiliário em 2017.

Quer ouvir este conteúdo? Experimente ouvir pelo player abaixo.


De acordo com especialistas, o segmento apresentará recuperação lenta e gradual, mas será bem diferente do que foram os últimos dois anos, podendo atingir um crescimento de até 10% nas unidades comercializadas em comparação a 2016, ano em foram financiados 199,7 mil imóveis, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

VEJA COMO É RÁPIDO E
EFICIENTE

TESTE AGORA

EM UM CLIQUE

 

Em 2017, os economistas preveem que o desemprego também irá ceder, o que certamente influenciará positivamente o mercado imobiliário. Com uma economia mais estável, o mercado imobiliário volta a se movimentar, já que os consumidores voltam a ter crédito disponível.

Ainda de acordo com especialistas haverá uma retomada no crescimento da área de construção civil que consequentemente irá favorecer o setor imobiliário, uma vez que os preços mais baratos dos materiais e da mão de obra reduzirão os custos, incentivando lançamentos e também tornando o valor dos imóveis mais acessíveis para uma parcela maior da população.

A recuperação do mercado imobiliário também está diretamente relacionada ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), visto que é esse índice que acompanha o comportamento da economia brasileira, assim como mostra todos os bens e serviços feitos no Brasil. O Banco Central acredita num cenário satisfatório durante o ano 2017. A instituição prospecta um crescimento de 1,3% nos próximos meses.

Perspectiva mercado brasileito 2017

Como tudo indica, esse ano será marcado pelo retorno das atividades do mercado imobiliário. A época também será favorável para quem deseja adquirir um empreendimento residencial. Segundo especialistas, os que desejam comprar a casa própria devem buscar orientações e o auxílio de imobiliárias especializadas.

Listamos quais são as principais perspectivas para os meses que estão por vir e como elas podem impactar o setor imobiliário:

Queda na inflação: Com toda certeza, um dos principais motivos que fez com que o mercado imobiliário ficasse retraído foi a inflação, que voltou com força nos últimos anos. Mas, de acordo com as previsões de especialistas em economia, a inflação está em fase de desaceleração, o que permite que os negócios voltem a ficar mais aquecidos. A inflação brasileira saiu de 10,7% em 2015 para, aproximadamente, 7,2% em 2016, o que mostra que ela vem caindo, aos poucos. E as notícias são ainda mais animadoras, uma vez que para 2017, a previsão para a inflação é de 5,07%, conforme divulgação do Banco Central no último Relatório Trimestral de Inflação. E não para por aí. O presidente do Banco Central já informou que tentará conseguir atingir meta central de inflação de 4,5% estipulada para o próximo ano.

Taxa de juros desacelerada: Não tem como negar que a alta da taxa de juros fez com que muitas pessoas repensassem a compra da casa própria nos últimos tempos. Isso porque quando a taxa é mantida alta, o crédito fica mais difícil, o que acaba inibindo o consumo e a injeção de capital das empresas no mercado, fatores que movimentam a economia. No entanto, informações do mercado financeiro para o próximo ano dão conta de que a estimativa da taxa de juros é de 11%, o que presume uma queda maior em 2017. Isso irá fazer com que o consumidor fique mais confiante no mercado, podendo investir em bens de consumo mais caros, como os imóveis. Aliás, essa melhora no mercado imobiliário já vem sendo notada, de acordo com o Raio-X FipeZAP do 3º trimestre de 2016. Essa pesquisa mostrou, por exemplo, que o consumidor não vem mais classificando o preço da casa própria como muito alto, como na avaliação anterior.

Crescimento do PIB: A recuperação do mercado imobiliário está diretamente relacionada ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), visto que é esse índice que acompanha o comportamento da economia brasileira, assim como mostra todos os bens e serviços feitos no Brasil. Diante disso, a previsão é favorável para o novo ano, uma vez que o Banco Central acredita em um cenário mais satisfatório em 2017 do que aquele vivido em 2016. Para que se tenha ideia, a instituição prospecta um crescimento de 1,3% nos próximos meses. E não é só isso. De acordo com dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), é esperado que a economia brasileira atinja seu ponto mais baixo nesse ano para ter um crescimento positivo em 2017. Desta forma, o fundo estima um avanço de 0,5% no PIB, contra uma projeção de crescimento nula feita nos dois últimos levantamentos do órgão.

Aumento nos investimentos: Com as perspectivas positivas desses órgãos, a projeção fica favorável, também, em outros indicadores, que voltam a crescer. Com isso, os investimentos devem chegar ao fim de 2017 com uma alta de 4% ante uma queda de 8,7% em 2016.

De acordo com especialistas, esse será o ano para o mercado imobiliário retomar o seu crescimento. E a Comtele oferece excelentes ferramentas para que você acompanhe esta retomada do mercado e se comunique com seu cliente de forma agil e com melhor custo x beneficio do mercado.

O SMS Comtele certamente pode ser utilizado como ferramenta de contato direto entre corretores e clientes. Para aqueles que estão vendendo um imóvel com o suporte da imobiliária, por exemplo, é possível criar avisos e notificações referentes aos trâmites legais do negócio, informando datas limite para entrega de documentos (certidões negativas e informes de quitação de débitos), transferência da escritura e lembretes das reuniões com compradores.

A possibilidade de contato via SMS também permite que esses clientes tirem suas dúvidas e se comuniquem com o corretor responsável pela negociação de maneira direta e com menor burocracia.

Também é uma ferramenta bastante útil para o contato com os locatários dos imóveis administrados pela imobiliária. O envio de avisos e lembretes como prazo para pagamento de IPTU com desconto, solicitação de desocupação do imóvel, vencimento de contrato, data de reajuste de aluguel ou mesmo dicas de manutenção e cuidados são algumas opções de como usar esta estratégia para construir bons relacionamentos com este público, visto que sistema da Comtele permite que os envios ocorram de forma personalizada, com as variáveis que você necessita.

A possibilidade de contato com antigos clientes faz do SMS uma ferramenta muito eficiente também em termos de fidelização. Com ela, é possível dar dicas de como investir em imóveis de maneira segura ou mesmo de como acertar na escolha da casa própria.

Enviar SMS em datas comemorativas como aniversários, Natal e Ano Novo, por exemplo, é outra possibilidade de manutenção do contato com antigos clientes.

Como envio de forma direta e personalizada ao cliente, sua imobiliária terá a possibilidade de realizar cobranças, visto que, o resgate de inadimplentes certamente é um dos maiores desafios de qualquer negócio. E para isso, o envio de mensagem de texto no mercado imobiliário é uma excelente opção. Muitas empresas chegam a alcançar retorno de até 35% nos casos de inadimplência apenas com o envio de SMS. Outra possibilidade é enviar convites para negociação de dívidas e códigos de boletos de cobrança.

O uso de SMS da interface Comtele ainda pode impulsionar novas locações e vendas, pois se mostra uma ferramenta poderosa na hora de prospectar novos clientes para venda e locação de imóveis. Além de facilitar o processo de prospecção e atendimento, esse tipo de medida ajuda a ampliar a base de contatos via SMS, pois ainda que o prospect não feche o negócio no primeiro momento, você poderá contatá-lo para apresentar novas opções de imóveis. E, claro, como você já sabe o tipo do imóvel que este contato está procurando (localização, se é casa ou apartamento, se o imóvel é residencial ou comercial) você poderá pensar em abordagens via SMS ainda mais personalizadas.

Utilizar o envio de mensagem de texto é um forma impulsionar no seu marketing digital, pois auxilia na divulgação de Imóveis, oportunidades de negócio e novas captações feitas pela imobiliária. Além de dar aos clientes em potencial a novidade em primeira mão – antes mesmo do imóvel ser divulgado em outros meios – esse tipo de iniciativa representa uma redução nos custos de divulgação.

Sendo assim, o SMS Comtele no mercado imobiliário além de oferecer praticidade e eficiência, proporciona também maior economia para a sua empresa, que além de se comunicar com cliente, ira estabelecer uma uma relação de confiança com a sua imbobiliária, e assim ele se sentirá satisfeito não só pelo produto consumido, como também pelo atendimento prestado.

SOLICITE UM TESTE GRÁTIS
DE NOSSO SISTEMA

"