Branding: o que é e como trabalhar a gestão de sua marca de forma incrível

Branding nada mais é do que a gestão de uma marca. Todo o trabalho realizado com o objetivo de tornar a sua marca mais conhecida, mais desejada, mais positiva na mente e no coração dos seus consumidores. Envolve desde a concepção da marca até as ações cotidianas de marketing da empresa.

Você já parou para pensar sobre o que faz uma marca ser mais lembrada do que outra? Por que nós temos a sensação de que algumas marcas são incríveis sendo que elas fabricam produtos ou entregam serviços tão bons quanto seus concorrentes?  Você já parou para pensar sobre o que faz uma marca ser mais lembrada do que outra? Por que nós temos a sensação de que algumas marcas são incríveis sendo que elas fabricam produtos ou entregam serviços tão bons quanto seus concorrentes?  Será que existe algo que esteja fora do escopo da entrega que realmente possa influenciar na imagem que você tem sobre determinada empresa? O que realmente diferencia uma marca da outra? 

É exatamente essa a função do branding: despertar sensações e criar conexões conscientes e inconscientes, que serão cruciais para que o cliente escolha a sua marca no momento de decisão de compra do produto ou serviço.

Neste artigo vamos te mostrar como um bom trabalho de branding pode fazer a sua marca se destacar no mercado e porque você deveria começar a pensar nisso!

VEJA COMO É RÁPIDO E
EFICIENTE

TESTE AGORA

EM UM CLIQUE

O que é Branding na prática?

A construção do Branding é algo relativo e é um trabalho que, geralmente, é um conjunto de ações cujo resultado é sentido algum tempo depois, afinal, uma marca forte e consolidada, normalmente, não é construída da noite para o dia.

A globalização aumentou a competitividade, e demonstrar diferencial de marca passou a ser necessário, assim como ter um propósito que vá além de um posicionamento.

Branding é um conceito que surgiu antes do Marketing Digital. Quando a internet ainda não existia, as marcas expressavam o seu posicionamento e se relacionavam com o público por meio da publicidade convencional (rádio, jornal, TV).  Com o cenário sendo transformado pela tecnologia, o Marketing Digital trouxe novas possibilidades para o branding. Alguns especialistas falam sobre o conceito de digital branding, que é basicamente fazer branding no ambiente digital.

Ter uma marca com personalidade e propósito, criar identificação com as pessoas, com suas histórias, suas causas e promover boas experiências de marca são a chave para a recomendação, que hoje é uma das armas mais poderosas para aquisição de novos clientes.

Mas antes de falarmos sobre a construção desta reputação, que tal conversarmos um pouco sobre o conceito de “marca”?

Sua marca não é seu logo. Sua marca não é o seu nome. Sua marca não é o seu mascote. Sua marca não é o seu site.  Todas essas coisas fazem parte daquilo que constrói a sua marca, mas tudo isso está longe de ser considerado o componente único que compõe a essência da sua marca.  A sua marca é tudo aquilo que remete a você. Pode ser seu logotipo, pode ser o seu nome, podem ser as suas cores principais. Mas podemos ir ainda mais longe.

Ela é, portanto, basicamente aquilo que diferencia um produto de determinada empresa de outro e, quanto mais clara e óbvia é essa diferenciação, mais essa marca é enraizada na mente de seus potenciais consumidores, seja de forma positiva ou negativa. 

É ela que, na verdade, torna o seu produto único e especial. E a verdade é que, na maioria das vezes, nenhum produto é único ou especial. Para saber como tirar proveito disso e como perceber como o branding pode te ajudar, é preciso entender o motivo pelo qual as pessoas compram as coisas.

O valor de uma marca

Qual a personalidade da sua marca?  Que adjetivos ela tem?  Se ela fosse uma pessoa, como ela seria?  Essas perguntas ajudam a criar uma imagem mental mais clara.

O valor de uma marca é algo totalmente abstrato. Se você pudesse pagar para poder comprar a marcam como Coca-Cola por exemplo, quanto você acha que custaria? Pense em todo o valor que essa marca carrega, todo o trabalho que foi construído ao longo de todo este tempo e tudo aquilo que já está nas cabeça dos consumidores.  Quanto você acha que isso vale?

Exitem diversos rankings que classificam as marcas mais valiosas do mercado, e, geralmente, estes são exemplos incríveis de trabalhos de branding bem feitos.  Ainda assim, a mensuração é complicada, pois a análise deve ser realizada individualmente. Como dissemos antes, a marca é uma construção da percepção do consumidor e isso, é claro, vai depender do seu consumidor.  Uma marca pode despertar sensações diferentes em públicos diferentes, e o seu papel é conseguir realizar um trabalho que impacte positivamente, em maior parte, o público que te interessa.

Estratégia para desenvolver um bom trabalho de Branding com Marketing Digital

Existem diversas formas de trabalhar branding na internet. Podemos dividir as iniciativas em dois grupos: Identidade Visual e Estratégia.

São as representações visuais da sua marca que ajudam a criar uma identidade na mente do consumidor: logo, um estilo de foto, fontes, cores etc.  Quanto mais alinhada ela for, mais provável e rápida será a associação na mente de quem busca opções de marcas.

A estratégia faz o papel de transmitir os valores não visuais, é como você transmite o seu propósito.  A criação de percepção pela estratégia se dá num nível mais profundo, em que o consumidor se identifica não só com o estilo, mas com os valores da marca criando uma conexão mais forte.

Para começar, é fundamental que você saiba que os principais defensores da sua marca deverão ser as primeiras pessoas a ter contato com seus produtos e serviços: os seus colaboradores diretos. 

No grupo da Identidade alguns fatores são muito relevantes como:

  • Logo: É extremamente importante que, no momento da criação da sua marca, ela também seja pensada para web.  Os formatos de arquivo que são usados para materiais impressos são diferentes dos usados para a internet.  Assim, pense na aplicação da sua marca, na facilidade de leitura e entendimento do nome quando ela estiver em versões reduzidas.
  • Determinar estilo da Marca: Busque exemplos de fotos que tenham uma mesma linha e que sirvam de exemplo para o estilo que você quer adotar para a marca.  Procure seguir um estilo, pois ele comunicará muito da sua marca.

E no Grupo da Estratégia responder algumas perguntas :

  • Personalidade da Marca: As suas campanhas de marketing podem mudar, você pode realizar ações sazonais e mudar muitas coisas, mas algumas coisas devem permanecer no DNA de sua marca, isso colabora para que o trabalho de Branding tenha uma perenidade mais efetiva e que o efeito cumulativo daquilo que você investe seja maior.  Ou seja, caso você mantenha uma constância na sua mensagem, a possibilidade de obter um retorno maior quanto mais tempo você trabalhar naquilo é muito grande.  Pense há quanto tempo a Coca-Cola trabalha no conceito de “compartilhar a felicidade”. Dentro deste mote, já existiram diversas campanhas, diversas maneiras diferentes, mas aquilo permanece.  São coisas com as quais as pessoas se identificam e, de certa forma, elas já esperam de você. Definir quem você é e diferentes formas de deixar isso claro para o seu consumidor é realizar um bom trabalho de Branding.
  • Canais de Atendimento ao Público: Onde está seu público? Quais canais ele usa para se relacionar com outras marcas e pessoas?  Existem diversos canais nos quais você pode se relacionar como por exemplo WhatsApp, email, redes sociais. Lembrando que você não precisa estar presente em todos os canais, mas sim nos que tem um papel estratégico para o crescimento do seu negócio.  Recomendamos que você inicie com a criação de um site, para incluir a sua empresa nos resultados de busca que os clientes realizam. Lembre-se de que todas as novidades que sua marca lançar devem estar no seu site ao mesmo tempo.  O segundo passo é criar uma fan page no Facebook, que é hoje a maior comunidade online do mundo.  O Facebook é um ótimo canal de relacionamento com o cliente e divulgação.
  • Conteúdo: Uma boa estratégia de conteúdo não ajuda somente sua marca a se destacar na busca, mas faz com que ela tenha visibilidade e ganhe autoridade no meio. Aplicando os conceitos de unidade visual do branding, lembre-se de que o seu conteúdo deve ser personalizado com a identidade da marca em todos os canais e materiais.

Que tal começar agora a aplicar os conceitos de gestão de Branding em sua marca e fazer, dos seus simples consumidores, clientes apaixonados e fiéis pelos seus produtos? Entre em contato hoje mesmo com a Comtele e utilize as inúmeras ferramentas de marketing digital que possuímos.

SOLICITE UM TESTE GRÁTIS
DE NOSSO SISTEMA

"